“A produção capitalista produz, com a inexorabilidade de um processo natural, sua própria negação. É a negação da negação.” –Marx, O capital. Livro I Cap. XXIV, 1867.

Por que Moro não prende Lula logo?

Antes de responder a essa questão, é preciso refletir rapidamente sobre a conjuntura nacional; é preciso entender o que se passa em nosso país tanto social quanto politicamente. Os conflitos e motins dos setores “armados” da classe trabalhadora — membros das instituições policiais do Espírito Santo e Rio de Janeiro — são um sério alarme leia mais

Revista Maisvalia7

A revista Maisvalia foi uma publicação quadrimestral, que começou a ser lançada em 2007 e durou até 2010, totalizando 9 números. Por conter artigos de grande valor, publicaremos o arquivo digital da revista nesta e nas próximas semanas. REVISTA MAISVALIA 6 Dezembro 2009 – Março 2010 BAIXE O PDF AQUI: mv7 ÍNDICE: EDITORIAL REVOLTA CONTRA FÁBRICA-QUARTEL leia mais

Sobre a “estabilidade” de Temer

Fatos políticos desta semana parecem demarcar um fortalecimento da burguesia na correlação de forças com a classe trabalhadora brasileira, mas na verdade representam um conjunto cada vez maior de contradições. O governo Temer pareceu se fortalecer. Rodrigo Maia, do DEM, atual presidente da Câmara dos Deputados, citado na Lava-Jato, foi reeleito para a mesma função, com leia mais

O discurso de posse
de Trump

Quem não viu os 16 minutos do nefasto discurso de posse de Trump não entenderá direito o que se passa no mundo. Não basta ver o recorte e os destaques da grande mídia: vejam o discurso todo e sintam sua atmosfera; sintam para quem fala e como (aqui há um link). Trump olha nos olhos das leia mais

Drogas, presídios, facções, barbárie

Já analisamos outras vezes que o mercado de entorpecentes é um dos mais rentáveis para o capitalismo mundial. O processo de produção dessas mercadorias é muito baixo e simplório. Trata-se, em geral, de plantas processadas. O valor agregado na produção é muito baixo, de tal forma que o preço de uma pequena quantidade de maconha, leia mais

Construir a verdadeira ponte para o futuro!

O país caminha para uma situação de completa instabilidade. No Rio de Janeiro, nesta terça-feira, 06/12, policiais e manifestantes contrários ao pacote fiscal do governador Pezão entraram em sério conflito. Uma parte relevante da tropa de choque se uniu aos manifestantes e saiu em passeata. A situação tende a se repetir rapidamente em outros estados leia mais

O ato de domingo e a vacilação da esquerda

A primeira questão a ser respondida é: por que os atos deste domingo, 04/12, foram menores? Estimamos que o ato em São Paulo teve entre 30 e 40 mil pessoas, um número muito menor do que o dos anteriores. Por que isso aconteceu? Será necessariamente uma tendência de enfraquecimento? O primeiro motivo, mais imediato, foi o recuo do governo no domingo anterior leia mais

PSTU e PSOL:
ir em bloco dia 4!

O Brasil vive uma crise política e institucional sem paralelo na história recente. Os poderes batem cabeça como não se via há décadas, numa guerra quase declarada. Os congressistas, destruindo o pacote contra corrupção do MPF, rindo de toda a nação, tangenciam o ponto de ruptura das instituições. Renan Calheiros cairá, não sem antes abalar leia mais

Às ruas contra corruptos e corruptores!

Na semana passada, o Congresso Nacional enojou o país ao costurar um acordo entre as lideranças dos principais partidos burgueses, de PT a PMDB e PSDB, passando por todas as legendas de aluguel, para anistiar a si mesmos do crime de Caixa 2 para campanha eleitoral. Apenas PSOL e REDE não participaram da articulação. Diante leia mais

O castrismo e a política do nacionalismo pequeno-burguês

Aproveitamos a ocasião da morte de Fidel Castro para publicar este antigo texto do trotskista norte-americano Bill Van Auken, traduzido por nós, e publicado na Revista Maisvalia número 4. O texto é resultado de uma palestra proferida em 1998. Os textos assinados não necessariamente expressam a posição do Conselho Editorial do MNN. O castrismo é leia mais