“A produção capitalista produz, com a inexorabilidade de um processo natural, sua própria negação. É a negação da negação.” –Marx, O capital. Livro I Cap. XXIV, 1867.

Pensar além da política imediata: escalas móveis! [panfleto]

[Panfleto distribuído pelo MNN para a vanguarda operária de algumas fábricas da grande São Paulo e interior paulista no dia 30/06, dia de paralisação no ato do dia 30/06, bem como distribuído no ato unificado do período da tarde, na Av. Paulista (São Paulo)] Sim, a tarefa central agora é derrubar as reformas nefastas de leia mais

Aproveitar a crise ou tentar resolvê-la?

Este texto é uma síntese da análise do MNN, elaborado como contribuição a um debate sobre a crise política atual, a ser realizado no Sindicato dos Trabalhadores da USP. 1. CRISE DE REGIME A atual crise política não é uma crise deste ou daquele governo, mas de todo o regime político, da forma pela qual a burguesia leia mais

Dia 30: parar tudo!

Nesta próxima sexta-feira, 30/06, teremos mais uma paralisação nacional da classe trabalhadora contra as bárbaras reformas capitalistas do governo de Michel Temer. Em nome de pagar a dívida pública ilegal a gigantescos bancos capitalistas, Michel Temer quer cortar as verbas da previdência e acabar com a sua aposentadoria. Ele quer que você trabalhe até morrer. leia mais

Tese 3 – A economia brasileira sob governos do PT [Congresso MNN]

O texto a seguir é a terceira tese do congresso do MNN, realizado no início de abril deste ano. Para acessar demais textos do congresso, clicar aqui. As notas de rodapé estão ao final do texto. A economia brasileira busca agora um ponto de virada, para o qual os esforços conjuntos da sociedade do capital leia mais

Falência múltipla
de órgãos; urgência
do marxismo

Politização do judiciário, falência múltipla dos órgãos burgueses A absolvição da chapa Dilma-Temer no TSE foi o novo elemento da revelação do caráter de classe — burguês — de todas as instituições do Estado. Diferentemente do que falam vários analistas, não há uma judicialização da política, mas uma politização da justiça. A aparente judicialização da leia mais

As tarefas urgentes da Conlutas [panfleto]

O texto abaixo é um panfleto do MNN, distribuído no encontro da Coordenação Nacional da central sindical Conlutas nesta sexta, sábado e domingo, 9, 10 e 11 de junho. Baixe o panfleto aqui. As tarefas urgentes da Conlutas O atual encontro da CSP-Conlutas é importante devido à conjuntura que se avizinha. A situação da economia mundial leia mais

Tese 2 – Sobre a “geopolítica” mundial [Congresso MNN]

Esta é a segunda tese aprovada no Congresso do MNN, realizado no início de abril de 2017. Ela deve ser lida estreitamente vinculada à primeira tese de nosso Congresso (acesso aqui). As notas de rodapé, indicadas no corpo do texto entre colchetes, encontram-se ao final do texto. Assim como, até hoje, desprezamos em grande medida leia mais

Tese 1 – A crise geral do capital [Congresso MNN]

O texto a seguir é a primeira tese do Congresso do MNN, realizado em abril de 2017. Tal texto é estreitamente ligado à tese número 2, sobre a geopolítica mundial. Os textos serão postados ao longo das próximas semanas, e constarão todos aqui. As notas de rodapé, indicadas no corpo do texto entre colchetes, encontram-se ao final leia mais

Derrubar Temer é abrir caminho [cartaz MNN]

Desde o dia 25/05, o MNN cola o cartaz abaixo próximo às fábricas da Grande São Paulo e em locais de grande circulação, em luta contra o governo burguês e corrupto de Michel Temer. Hoje, quando o governo Temer realmente balança e pode cair, os petistas abandonam o “Fora Temer” em nome das “Diretas Já”. O “Fora leia mais

Primeiro Congresso
do MNN

No início de abril de 2017, o MNN realizou seu primeiro congresso, no qual adotou várias teses sobre a crise da sociedade capitalista, sobre as conjunturas internacional e nacional, sobre a tática dos revolucionários em tais conjunturas e sobre as tarefas de construção de uma organização revolucionária dos trabalhadores no Brasil no próximo período. Nesta leia mais