“A produção capitalista produz, com a inexorabilidade de um processo natural, sua própria negação. É a negação da negação.” –Marx, O capital. Livro I Cap. XXIV, 1867.

Nunca antes na história
deste país…

… Um senador foi preso no exercício de sua função. O petista Delcídio do Amaral é símbolo dos tempos agudos e extraordinários que atravessamos. No áudio que o derrubou ninguém escapou: toda a fina flor da lamacenta política nacional apareceu associada a um projeto de uso privado do Estado. Na ocasião, Delcídio traficava influência no leia mais

Bem-vindos à barbárie
do capital

O atentado fundamentalista em Paris; o estouro das barragens da Samarco-Vale; a crise hídrica no sudeste brasileiro; as regiões das grandes cidades controladas por “Estados” paralelos — esses são, infelizmente, poucos exemplos da barbárie em que já nos encontramos. Na verdade, convivemos com altos graus de barbárie, a naturalizamos e, paradoxalmente, a consideramos um risco vindouro, leia mais

Com a vanguarda operária ou com
os lulistas?

Os petroleiros de base da Petrobras mostram o caminho para a esquerda. Nos mais de 10 dias de greve, têm enfrentado suas direções conciliadoras (sobretudo ligadas à CUT), os fura-greves da administração, o engodo da direção da estatal, as repressões policiais e o cerco de silêncio da grande mídia. Ainda assim, seguem resistindo como podem: leia mais

Lições (para a esquerda) da eleição Argentina

No último dia 25/10 ocorreram eleições na Argentina para a presidência, governadores estaduais (“províncias”), deputados e senadores. O resultado, como se sabe, foi uma séria derrota para as forças kirchneristas, representadas pelo candidato à presidência Daniel Scioli. Scioli foi vice-presidente da Argentina no governo de Néstor Kirchner e é o atual governador (reeleito em 2011) leia mais